vitamina D para o metabolismo ósseo

 

Devido à pandemia do Covid 19 a importância da vitamina D tem estado muito em alta na mídia bem como o quanto ela auxilia na imunidade do organismo.

Sua descoberta aconteceu em 1916, durante pesquisas para descobrir as causas do raquitismo, que seguiam sendo desenvolvidas desde o século XVII e comprovavam que o sol – em junção com outras vitaminas e fatores ambientais – é determinante para o sistema imunológico e, inclusive, para a saúde dos ossos.

É a vitamina D que regula o cálcio no organismo, junto com o fósforo e outros sais minerais necessários para força osteomuscular.

O Dr. Diogo Fagundes, Ortopedista e Traumatologista, formado pelo Hospital Miguel Couto e Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia, reforça neste artigo a importância da Vitamina D para o metabolismo ósseo humano e apresenta dicas de como prevenir doenças pela deficiência de vitamina D.

 

Vitamina D

Pró-hormônio fundamental para o organismo humano, a Vitamina D auxilia no bom funcionamento do corpo, e sua ausência ou baixa dosagem, podem trazer riscos à saúde. Segundo a OMS, ao menos 1 bilhão de pessoas tem níveis abaixo do recomendado de vitamina D.

A vitamina D é um composto orgânico que funciona como catalisadora das reações do nosso organismo e não pode ser produzida, sendo necessário outros fatores para sua ativação. No caso desta vitamina, o sol é o ativador direto, sendo responsável por 90% da produção dela no corpo humano.

Além do sol, os alimentos como cogumelos, leite, ovos e suplementos vitamínicos também ajudam a aumentar os níveis de vitamina D e são indicados a pessoas com deficiência ou insuficiência, porém os suplementos devem ser usados com cautela, já que estudos recentes mostram que eles repõem apenas uma parte da vitamina D necessária, não combatendo fraturas ou aumentando a densidade óssea.

 

Vitamina D e o metabolismo ósseo

A deficiência ou insuficiência da vitamina D causa uma série de distúrbios ósseos como a osteoporose, doença degenerativa que torna os ossos frágeis e favorece quedas, fraturas e pode causar incapacitação a longo prazo nos casos.

A Osteoporose atinge mais de 200 milhões de pessoas no mundo e 10 milhões no Brasil, sendo uma doença silenciosa e que pode levar a óbito, caso não haja tratamento ou tratada tardiamente.

Dr. Diogo Fagundes alerta para a prevenção da Osteoporose e outras patologias osteomusculares, reforçando a importância da vitamina D para saúde óssea: “Somos privilegiados por vivermos num país com abundância de incidência solar, portanto, precisamos valorizar essa dávida e manter nossos níveis de Vitamina D circulante altos, já que pra esta substância se tornar funcionante no organismo, precisamos ativá-la expondo nossa pele ao contato do sol”.

Recomendações de órgãos da saúde, como o Sírio Libanês, ressaltam que a vitamina D é produzida em nosso organismo, porém em baixa dosagem, a partir do colesterol. Quando nossa pele está em contato com o sol a vitamina D é absorvida e ativada, e por isso a indicação é que tomemos sol por, ao menos, 20 minutos por dia antes das 10 da manhã e depois das 16h.

Dessa forma, conseguimos repor a vitamina D necessária para a imunidade do organismo, mas também, principalmente, para manter os ossos e músculos saudáveis e fortes por toda vida.

O médico ortopedista e traumatologista Diogo Fagundes tem formação pelo Hospital Miguel Couto, no Rio de Janeiro, é membro da SBOT- Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, com fellowship em cirurgia do joelho pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho, com passagem pelo Clube de Regatas do Flamengo.

Doutor Diogo Fagundes atende todos os casos relacionados ao sistema musculoesquelético e atualmente com o advento da pandemia por COVID-19, além do consultório próprio, se dedica às tele consultas, diminuindo distâncias e facilitando a comunicação entre médico e paciente.

Agende sua consulta, seja presencial ou por telemedicina, e invista mais na sua saúde e na sua qualidade de vida.

Acesse: www.drdiogofagundes.com.br

Leia Também: A perda muscular em casos graves da Covid 19

© 2020, autor. All rights reserved.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui