Vida Nova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 
Ir para: navegação, pesquisa

Vida Nova foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida no horário das 18 horas entre 21 de novembro de 1988 e 6 de maio de 1989, contou com 143 capítulos. Foi escrita por Benedito Ruy Barbosa e dirigida por Luiz Fernando Carvalho.

Sinopse

São Paulo, 1945. Fim da Segunda Guerra Mundial. A elegante e alegre Laura (Dona Lalá), ex-prostituta que organizou sua vida ao lado da filha, sem perceber as atenções de Antônio Sapateiro, homem tímido e sonhador totalmente apaixonado por ela. Num cortiço no bairro do Bixiga, vivem outros casais. Como Gema, que, julgando-se viúva, se casa com Pietro, um italiano apaixonado, e vive feliz até que o primeiro marido, Sebastião, aparece vivo. Também o jovem casal Bruno e Bianca; e Sara, jovem dona de uma pensão cortejada por um de seus hóspedes, o libanês Michel, bem mais velho que ela. E o italiano Antônio do Mercado, um trabalhador incansável que mantém com sacrifício o filho Toninho num dos melhores colégios de São Paulo, mas não vê com bons olhos o amor que nasce entre seu filho e a jovem Marialina, filha de Lalá. Também o envolvente caso de amor do português Manuel Victor e da judia Ruth, proibido pelos pais da moça por causa da religião, e abalado pelas intrigas da caipirinha Gracinha, filha do poderoso Coronel Antenor, e apaixonada pelo português. Com a ajuda do empresário Mohamed e das cafetinas Virgínia e Jandira, eles não fazeram sentido de todos os culpados.

Elenco

Trilha sonora

Nacional

Capa: Patrícia Pillar

Internacional

Capa: Yoná Magalhães

Curiosidades