Um Sonho a Mais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

Um Sonho a Mais foi uma telenovela brasileira, produzida e exibida no horário das 19 horas pela Rede Globo, entre 4 de fevereiro e 2 de agosto de 1985.

Com argumento de Lauro César Muniz e Daniel Más, baseado na peça teatral Volpone, de Ben Jonson, foi escrita inicialmente por Daniel Más com supervisão de Muniz. Daniel Más foi afastado da trama que passou a ser escrita por Lauro César Muniz, com colaboração de Mário Prata e Dagomir Marquezi. Teve direção de Roberto Talma, Carlos Magalhães, Mário Márcio Bandarra e Luca de Castro e direção geral de Roberto Talma. Contou com 155 capítulos. Nela foi exibido o primeiro beijo gay em telenovelas brasileiras, entre os personagens de Ney Latorraca (travestido) e Carlos Kroeber.

Enredo

Na década de 1960, Antônio Carlos Volpone é acusado de matar o Dr. Telles, seu futuro sogro, e pai de Stella, sua noiva.

Para fugir da acusação, Volpone foge do país, com seu amigo Mosca, faz fortuna, e passa a viver no Egito. Stella casa-se com o ríval de seu antigo noivo, Orlando Aranha e têm uma filha, Mônica.

Vinte anos depois, Volpone vê Stella e Mônica passeando pelo Cairo, sente que continua a amando e decide voltar ao Brasil.

Para não ser preso, anuncia que está com uma grave doença e por isso vive preso numa redoma de plástico, e como está moribundo, procura um herdeiro. Sua chegada ao Rio de Janeiro atrai a atenção da imprensa, em especial da repórter Amélia Bicudo, que passa a investigar sua vida.

Enquanto um ator fica dentro da bolha de plástico, simulando ser Volpone, ele circula disfarçado entre seus antigos amigos e inimigos, investigando quem é o verdadeiro assassino, tentando se aproximar de Stella e vivendo várias aventuras. Volpone assume personalidades como a secretária Anabela Freire, o médico Nilo Peixe, o advogado Augusto Mello Sampaio e o motorista André Silva, tudo isso escudado por seu fiel amigo Mosca.

Elenco

e

Trilha sonora

Nacional

  1. "Chuva de Prata" - Gal Costa
  2. "Mais Que Um Sonhador" - Degradée
  3. "Infinito" - Djavan
  4. "Me Liga" - Os Paralamas do Sucesso
  5. "Me Leva Pra Casa" - Joe
  6. "Leva" - Tim Maia
  7. "Whisky a Go Go" - Roupa Nova
  8. "Egotrip" - Blitz
  9. "Shy Moon" - Caetano Veloso (part. esp. Ritchie)
  10. "Menino Bonito" - Wanderléa
  11. "Juntos" - Ivan Lins (part. esp. George Benson)
  12. "Corações Psicodélicos" - Lobão e os Ronaldos
  13. "Vivendo Ilusão" - Rádio Táxi
  14. "Garota do Ano" - Arnaldo Brandão (part. esp. Brylho)

Internacional

  1. "Love Is Love" - Culture Club
  2. "Together In Electric Dreams" - Giorgio Moroder e Phillip Oakey
  3. "Private Dancer" - Tina Turner
  4. "Small Town Boy" - Bronski Beat
  5. "Steady" - Jules Shear
  6. "Do You Wanna Dance?" - Geraldine
  7. "Theme From "Summer Of '42" (The Picasso Suite)" - Michel Legrand
  8. "I Want To Know What Love Is" - Foreigner
  9. "Invisible" - Allison Moyet
  10. "I Can Wait Forever" - Air Supply
  11. "Boys Make Me Nervous" - Heartbreak U.S.A.
  12. "Nobody Loves Me Like You Do" - Whitney Houston e Jermaine Jackson
  13. "Love Hunger" - Tina Charles
  14. "Sex Over The Phone" - Village People

Curiosidades

Exibida entre 4 de fevereiro e 3 de agosto de 1985 em 155 capítulos.