U2 traz ao Brasil três shows da 360º Tour, uma das maiores turnês da história

Da Redação
  • The Edge, Bono e Adam Clayton durante show do U2 no Etihad Stadium de Melbourne, na Austrália (01/12/2010)

Uma das maiores turnês da história chega ao Brasil neste final de semana. O U2 --que faturou mais de US$ 123 milhões com esse show somente em 2009-- desembarca em São Paulo com a 360º Tour, que ficará instalada no Estádio Morumbi no sábado (9), no domingo (10) e na quarta-feira (13). Os ingressos para os três dias já estão esgotados e fãs permanecem acampados na fila do estádio.
 
Junto com a 360º Tour, impulsionada pelo lançamento do álbum "No Line On the Horizon" (2009), o U2 traz na bagagem os ingleses do Muse. O trio liderado por Matthew Bellamy também divulga um disco de 2009, "The Resistance", e seu show deve durar cerca de 45 minutos.
 
Para o show deste sábado, os portões do Morumbi serão abertos às 16h. A previsão é de que o Muse entre no palco às 20h, seguido por U2. O show deve ser encerrado às 23h45. Os horários são os mesmos para o domingo, mas na quarta-feira os portões serão abertos às 15h e o Muse começará às 19h30.
 
Os portões estão divididos da seguinte forma para a entrada do público:
 
- Pista: portões 2, 4 e 18;
- Cadeira inferior A: portão 3;
- Cadeira superior laranja, cadeira superior azul 1 e 2, cadeira superior premium: portão 5;
- Arquibancadas laranja e azul: portão 6;
- Arquicabanda vermelha e arquibancada especial vermelha e arquibancada amarela: portão 15;
- Cadeira superior vermelha e cadeira superior amarela: portão 16;
- Cadeira inferior B, Red Zone, portadores de necessidades especiais: portão 17;
  • Mapa do Estádio Morumbi para shows do U2 em São Paulo (09, 10 e 13/04/2010)

Aqueles que compraram ingressos pela internet ou via telefone devem retirá-los na bilheteria 3, à esquerda do portão principal. Para a Red Zone, as entradas serão retiradas na bilheteria do portão 1, à direita do portão principal.
 
Está liberado o uso de máquinas fotográficas que não sejam profissionais, além de poder levar sanduíches, bolachas, copos descartáveis e frutas cortadas. Não é permitido entrar com correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcoólicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, armas de fogo, frutas inteiras, latas de alumínio, jornais e revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares, vidros em geral e guarda-chuva.
 
Como chegar ao Morumbi
A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) de São Paulo recomenda que o público dê preferência a ônibus e táxi, mas aqueles que preferirem ir de carro particular, o órgão indica os melhores caminhos para chegar ao Morumbi, preferencialmente pelas pontes junto a Marginal Pinheiros (Av. das Nações Unidas).
 
-Zona Sul (Interlagos e Santo Amaro): ir pela Ponte João Dias e avenida Giovanni Gronchi. 
-Brooklin e Diadema: avenidas Roque Petroni Júnior, Dr. Chucri Zaidan, Ponte do Morumbi e Morumbi.
-Região central: avenida Nove de Julho e Túnel Max Fefer, ponte Roberto R. Zuccolo (antiga Cidade Jardim), avenida dos Tajurás, rua Engenheiro Oscar Americano, avenidas Morumbi e Giovanni Gronchi. 
-Região central e zona leste: avenidas Rebouças, Eusébio Matoso, Francisco Morato, à direita na Dep. Jacob Salvador Zveibil, retorno na Eliseu de Almeida e Jorge João Saad.
-Rodovias Castelo Branco, Anhanguera, Bandeirantes, Imigrantes e zona norte: Marginal Tietê, Marginal Pinheiros, ponte Cidade Universitária, rua Alvarenga, avenidas Eliseu de Almeida, Dep. Jacob Salvador Zveibil e Jorge João Saad.
 
Haverá estacionamentos alternativos com translados no WTC (av. das Nações Unidas, 12.551), Credicard Hall (av. das Nações Unidas, 17.995) e Jockey Club (av. Lineu de Paula Machado, 1.263). Ao término do show, por um período de aproximadamente 40 minutos, as vias ao redor do estádio serão bloqueadas para a saída dos pedestres. 
 
A SPTrans vai colocar à disposição do público ônibus para o centro da cidade (Praça Ramos) --para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários no site www.sptrans.com.br ou ligue 156.
 da turnê "360º", do U2, durante montagem no estádio do Morumbi, em São Paulo (07/04/2011) Mais Flávio Seixlack/UOL
O show que vem ao Brasil traz toda a estrutura da turnê internacional, incluindo o palco circular conhecido como "A Garra", com pontes rotativas e visão em 360 graus, como indica o nome da turnê. Sua montagem mobiliza 209 caminhões --48 deles apenas para carregar estruturas de aço-- e 240 pessoas de 17 nacionalidades diferentes trabalhando.
 A turnê foi iniciada em junho de 2009, em Barcelona. Na América do Sul, a excursão já passou pelo Chile e pela Argentina. Quando aterrissar no Brasil, a U2 360º Tour terá sido vista por mais de 4,5 milhões de pessoas. Depois de São Paulo, a turnê segue para o México, Estados Unidos e Canadá, onde deve ser encerrada no dia 30 de julho.
 
Sem um roteiro fixo, o repertório do U2 aparece com modificações a cada show, e tem variado entre 23 e 25 músicas. No entanto, algumas canções não ficam de fora, como "Beautiful Day", "Sunday Bloody Sunday", "I Still Haven't Found What I'm Looking For", "One" e "With or Without You", essas duas últimas entram geralmente no bis.
 
Entre as faixas novas aparecem constantemente "Get On Your Boots" e "Magnificent". Na Argentina, a banda abriu o show com "Even Better Than The Real Fhing", faixa do álbum "Achtung Baby" (1991) que não aparecia há quase uma década em seus shows.