O Rei dos Ciganos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Rei dos Ciganos
 

Rubens de Falco faz uma participação especial.

Formato Telenovela
Género {{{genero}}}
Duração 30 minutos (aproximadamente)
Criado por Moysés Weltman
País de origem Brasil Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Ziembinski
Produtor(es)  
Apresentador(es) {{{apresentador}}}
Elenco Carlos Alberto
Sônia Clara
Jayme Barcellos
Rubens de Falco
André Villon
ver mais
Narrador(es)  
Tema de abertura  
Tema de encerramento  
Local das Gravações {{{gravações}}}
Exibição
Emissora
de televisão
original
{{{rede_tv_orig}}}
Emissora(s)
de televisão
lusófona(s)
Bandeira do Brasil Rede Globo
Formato de exibição {{{formato_exibição}}}
Transmissão original 12 de setembro de 1966
– 20 de fevereiro de 1967
Qt. de temporadas  
N. de episódios 120 capítulos

O Rei dos Ciganos foi uma telenovela brasileira exibida pela Rede Globo entre 12 de setembro de 1966 e 20 de fevereiro de 1967, totalizando 120 capítulos, no horário das 20h. Foi escrita por Moysés Weltman e dirigida por Ziembinski.

Apresentou Carlos Alberto e Sônia Clara como os protagonistas e André Villon como o antagonista central.

História

Sinopse

Um triângulo amoroso movimenta a trama entre ciganos e nobres. O cigano Wladimir ama Wanda, pertencente à nobreza local. Entre os dois está o poderoso conde Fernando Racozy, o antagonista da história, que fará de tudo para separar os mocinhos. Também entre o amor dos mocinhos estará a nobreza local, que será contra o amor dos dois.

Temas Recorrentes

Produção

Elenco

em ordem alfabética.
Ator Personagem
André Villon Conde Fernando Racozy
Carlos Alberto Wladimir
Eduardo Maciel  
Jayme Barcellos Miguel
José de Arimathéa Ivan
Luís Carlos de Moraes  
Renata Fronzi Tânia
Riva Blanche Baronesa Von Grauben
Rubens de Falco  
Sônia Clara Wanda
Theresa Amayo Svetlana
Ziembinski Steiner