'Insensato': Léo se casa com Marina e mata Irene, grávida

PAULO RICARDO MOREIRA
Direto do Rio de Janeiro

 

Assim como manipulou Norma (Gloria Pires) e Carmem (Nívea Maria), Léo (Gabriel Braga Nunes) vai fazer mais uma vítima com seu jeito dissimulado e sedutor: Marina (Paola Oliveira). Depois de terminar o namoro com Pedro (Eriberto Leão), que engravidará Irene (Fernanda Paes Leme), a designer viajará para Nova York em companhia do cunhado mau-caráter e cairá na sua lábia, aceitando seu pedido de casamento. Os dois trocarão alianças em cenas previstas para irem ao ar em junho, em Insensato Coração.

O casamento de Léo e Marina vai provocar uma reviravolta na trama. Sobre a surpreendente união dos personagens, Ricardo Linhares, um dos autores da novela, explica que os dois têm uma relação de amizade marcada desde o primeiro encontro, no hospital onde Pedro estava internado após o acidente aéreo. "Eles ficam mais próximos graças às armações dele", frisa o autor. "Léo é frio, mas quando se trata de dar golpes, ele assume um personagem cativante. Não será um casamento romântico".

Durante uma viagem de navio, Léo começará a jogar charme para cima de Marina. Quando a loura virar refém de bandidos durante um assalto, o pilantra sairá como herói ao se oferecer para ser levado no lugar dela. Na verdade, a ação criminosa é planejada por ele e encomendada por Cortez (Herson Capri) para recuperar o DVD que Henrique (Ricardo Pereira) escondeu na cabine. "Aos olhos de Marina e dos demais personagens, ele arriscou a vida para salvá-la", ressalta Linhares. "Léo é charmoso, falso, mentiroso e sedutor. Marina não conhece seu verdadeiro caráter", completa.

Irene ficará grávida de Pedro graças a mais uma armação de Léo para separar o irmão de Marina. O vilão vai furar as camisinhas da prima, que levará Pedro novamente para cama depois de colocar uma substância em sua bebida. Mais tarde, a jovem dará a notícia da gravidez ao ex-piloto e, em seguida, contará tudo a Marina. Um exame de DNA vai comprovar que Pedro é mesmo o pai da criança. "Tinha que ser uma facada muito forte para ela romper com ele", comenta Paola Oliveira.

Segundo o autor, Marina, decepcionada, encontrará em Léo um ombro amigo. O safado dará a cartada final ao se oferecer para viajar com ela para Nova York, onde a pedirá em casamento.

Já Irene não chegará a ter o filho, porque será atropelada e morta por Léo. Tudo porque a jovem decidirá contar a verdade a Pedro sobre as maldades do vilão. "Pedro passa por muitas provações. Quando souber que foi traído pelo irmão, ele perderá a pureza e a inocência que tinha", garante Eriberto Leão.