George Clooney contrata médium para falar com seu porco morto

O jornal The New Zeland Herald informou que George Clooney continua a sentir falta do seu porco Max, falecido em 2006. Por isso (pasmem!), ele contratou uma médium para se comunicar com o animal.

"Ela me disse que Max foi muito feliz ao meu lado", contou Clooney a um amigo.

“Disse também que ele está muito contente e que ainda me acompanha de vez em quando."

“Não sei se está dizendo a verdade, mas quero acreditar nela.”

O ator ficou arrasado quando Max morreu em casa enquanto estava viajando para promover o filme O Segredo de Berlim.

Max viveu com George por 18 anos, sofria de artrite, era parcialmente cego e dormia na cama do ator.

Se a moda pega, vai ter muita gente pedindo mensagens de seus gatos, cães, cavalos e peixes mortos, por aí. Só faltava!