Dancin' Days

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Dancin' Days foi uma telenovela brasileira, produzida e exibida pela Rede Globo de 10 de julho de 1978 a 27 de janeiro de 1979, às 20 horas. Foi escrita por Gilberto Braga e dirigida por Daniel Filho, Gonzaga Blota, Dênis Carvalho, Marcos Paulo e José Carlos Pieri, tendo contado com 173 capítulos

Trama

Júlia de Souza Matos é uma ex-presidiária, que ganha liberdade condicional após onze anos de prisão. Ela foi presa por matar acidentalmente seu marido, pai de sua filha, numa briga em que ele estava bêbado, e ele queria agredí-la, como sempre fazia. Para se defender, após levar muitos socos dele, ela pega um faca, impulsivamente e o golpeia no coração. Ele cai morto e ela, quando volta a si, desmaia de tanto desepero. Os vizinhos chamam a polícia, e ela é presa e condenada a regime fechado. Sua filha, com apenas 7 anos, é enviada a um orfanato e meses depois, vai morar com sua milionária tia, irmã de Júlia. Após sair da cadeia, onde sofreu muito, ela tenta se reaproximar da filha, Marisa de Souza Matos, tendo como principal obstáculo a irmã, Yolanda de Souza Matos Pratini, que criou a menina cercada de luxos e mimos, já que ela teve dois filhos que morreram recém-nascidos, ficou com um grande trauma de ter filhos novamente e viu na sua sobrinha a filha que ela sempre quis ter. Yolanda é uma socialite que optou por se casar por interesse para subir na vida, sempre teve inveja da irmã, e desde que Júlia foi presa, ela faz de tudo para afastar Marisa da mãe, já que ela acha que Júlia poderá influenciar negativamente a filha. Ela queria que Marisa e a irmã trilhassem o mesmo caminho de sucesso, luxo e poder, assim como ela mesma fez. Júlia, corajosa e determinada, tenta, sem muito sucesso, se restabelecer fora do presídio, tentando arranjar emprego, enquanto faz das tripas coração para ser aceita pela filha, que a trata com hostilidade e indiferença. Marisa é uma adolescente de temperamento rebelde, não se lembra muito bem do pai e é dominada pela tia, que a criou. Ela é a única que consegue conter o jeito brigão e encrenqueiro de Marisa, assim como a mãe. Ela tem ódio da mãe por ela ter matado seu pai. Ela não a perdoa por esse ato desumano, e nem perdoa o pai por ter espancado sua mãe sempre, enquanto ele era vivo. Ela cresceu num ambiente onde bebida e violência imperavam. Em meio a tudo isso, Júlia acaba se envolvendo amorosamente com Cacá, um diplomata desiludido com a profissão. Ela vai morar com ele como sua mulher. Júlia passa discriminação por ser ex-presidiária e sobrevive fazendo "bicos" pelas ruas. Tudo o que ela quer é o amor e o perdão de sua filha.

Ao aproximar-se da filha com outra identidade, ela se disfarça e passa a conviver com a filha como uma garota da idade dela, sendo que Marisa nem desconfia de que a amiga é sua mãe. Júlia luta para que Marisa, à beira de um casamento precoce, tome decisões maduras perante a vida. Marisa é influenciada pela tia a casar por interesse e aceita, seduzindo o rapaz e engravidando. No dia do casamento da filha, Júlia revela ser sua mãe e tenta impedir a cerimônia, sabendo que a filha vai sofrer por ter agido impulsivamente, mas não obtém sucesso. Ela bebe muito na festa e passa a dar escândalos. Ela é o oposto da irmã: sincera, mas brigona e escandalosa. A irmã é falsa, mas chique e discreta. Marisa morre de vergonha da mãe, e diz que sua tia é sua mãe. Durante a recepção da festa, acaba por agredir com palavras e pancadas, sem nenhum motivo, completamente embriagada, Franklin, o pai do noivo de Marisa, Beto que irá se casar pois ama Marisa e porque a engravidou e não teria como escapar. Graças à atitude precipitada de uma convidada, Áurea, de chamar a polícia, Júlia acaba novamente presa, bêbada e gritando muito, para desgosto da filha e condenada a mais seis meses de prisão. Ela passa a sofrer muito na cadeia e Cacá se separa dela, pois eles brigavam muito. Ao entrar no camburão, Júlia promete vingança, considerando isso mais uma humilhação por conta da irmã e da filha e diz que as duas são iguais e se merecem. Yolanda abraça a sobrinha que chora muito, pela decadência moral da sua mãe. Após sair da cadeia, Júlia passa a se tratar e para de beber. Ela conhece um milionário e eles passam a namorar. Após meses sem falar nada a írmã e a filha que ela saiu da cadeia, ela aceita se casar com o milionário Ubirajara, um homem solitário e apaixonado por ela. Após uma viagem internacional de lua-de-mel e um providencial banho de loja, retorna exuberante, milionária, toda maquiada, com roupas de grife, e com saltos super altos, se trasformando numa mulher chique e poderosa, que ninguém pisará mais. Ela volta numa limousine cara no dia da inauguração da discoteca Dancin' Days, sob a direção de Hélio, surpreendendo a todos — principalmente a Yolanda e a Marisa —, marcando assim a virada da personagem. Ela chega dançando muito, rebolando ao som alto das músicas modernas. Ela tira o roupão e passa a dançar com roupas curtas em cima das mesas, com um copo de whisky junto. Mais uma vez Marisa sente vergonha da mãe, quer dá um show de sensualidade. Os homens gritam pedindo mais. Yolanda se choca e diz que a irmã virou prostituta e deu um golpe milionário.

Após um show de sensualidade na pista de dança, nas mesas e balcões, Júlia dá início ao seu plano de vingança: pisar nas pessoas que a fizeram sofrer - Cacá, que, ao reencontrá-la, não teve coragem de se separar da noiva, além de tê-la abandonado na cadeia, a filha, Marisa, que já está sofrendo muito com o casamento com Beto, além de ter perdido a criança e sofrer humilhações e constantes traições dele, ela percebe que só sua mãe a quis bem, e que a tia é falsa e só pensa em si mesma; e Yolanda, que se encontra separada de Horácio após traições dele e ela está totalmente falida, sofrendo na pobreza e pagando pelas maldades que fez. Júlia se torna uma mulher admirada por todos, assumindo a mesma postura fútil que marcava a personalidade da irmã, humilhando-a diante da sociedade. Marisa separa-se de Beto e pasa a morar com a mãe, e com o marido dela. Após anos de uma convivência meio complicada mas feliz com a mãe, ela encontra um verdadeiro amor, engravida anos depois e se casa dando felicidade a mãe. Yolanda passa a viver na pobreza, morando num asilo, esquecida por todos. Ela entra em depressão e passa humilhações e agressões no asilo, pagando por toda sua inveja, falsidade e maldade. Júlia fica milionária, vivendo uma vida luxuosa ao lado de Ubiratan, sendo muito chique e respeitada. Ela engravida de Ubiratan e nasce um lindo menino. Ela vira avó anos depois e passa a amar muito sua netinha.

Elenco

em ordem de abertura
Ator↓ Personagem↓
Sônia Braga Júlia de Souza Matos
Antônio Fagundes Cacá (Carlos Eduardo Amaral Cardoso)
Joana Fomm Yolanda de Souza Matos Pratini
Pepita Rodrigues Carminha (Carmem Santos)
Cláudio Corrêa e Castro Dr. Franklin Cardoso
Mário Lago Alberico Santos
Milton Moraes Jofre
José Lewgoy Horácio Pratini
Lídia Brondi Vera Lúcia
Eduardo Tornaghi Raul
Ary Fontoura Ubirajara Martins Franco
Beatriz Segall Celina Amaral Cardoso
Sura Berditchevsky Inês
Yara Amaral Áurea Santos
Lourdes Mayer Ester Santos
Ivan Cândido Aníbal
Gracinda Freire Alzira
Lauro Corona Beto (Paulo Roberto Amaral Cardoso)
Cleyde Blota Emília
Diana Morel Anita
Glória Pires Marisa de Souza Matos
Suzana Queiroz Leila
Mira Palheta Bibi Nascimento Leal
Jacqueline Laurence Solange
Chica Xavier Marlene
Neuza Borges Madalena
Participação de
Ator Personagem
Reginaldo Faria Hélio

Participações especiais

Trilha sonora nacional

  1. "João E Maria" - Nara Leão - partic. esp. Chico Buarque
  2. "Amante Amado" - Jorge Ben
  3. "Antes Que Aconteça" - Marília Barbosa
  4. "Guria" - Luiz Wagner
  5. "Dancin' Days" - As Frenéticas
  6. "Hora De União (Samba Soul)" - Lady Zu e Totó Mugabe
  7. "Amanhã" - Guilherme Arantes
  8. "Agora É Moda" - Rita Lee
  9. "Kitche Zona Sul"- Ronaldo Resedá
  10. "Solitude" (Solitude) - Gal Costa
  11. "Copacabana" - Dick Farney

Trilha sonora internacional

  1. "Dancin' Days Medley (Night Fever / Stayin' Alive / You Should Be Dancing / Nights On Broadway / Jive Talking / Lonely Days, Lonely Nights / If I Can't Have You / Every Night Fever)" - Harmony Cats
  2. "Three Times a Lady" - The Commodores
  3. "Scotch Machine" - Voyage
  4. "The Wages Of Sin" - Santa Esmeralda
  5. "You Light Up My Life" - Debby Boone
  6. "The Grand Tour" - Grand Tour
  7. "I Loved You" - Freddy Cole
  8. "Macho Man" - Village People
  9. "Follow You, Follow Me" - Genesis
  10. "Gypsy Lady" - Linda Clifford
  11. "Blue Street" - Blood, Sweat and Tears
  12. "Rio de Janeiro" - Gary Criss
  13. "Rivers Of Babylon" - Boney M.
  14. "Automatic Lover" - Dee D. Jackson

Curiosidades