Cara e Coroa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 


 

Cara e Coroa
 
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 50 min.
Criador Antônio Calmon
País de origem Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Wolf Maya
Elenco original Christiane Torloni
Victor Fasano
Maitê Proença
Miguel Falabella
Lúcia Veríssimo
Luís Mello
Maria Maya
Alessandra Negrini e grande elenco
Tema de abertura Tocar Você, Edmon
Emissora(s) de
televisão lusófona(s)
Mostrar lista
Transmissão original 24 de julho de 1995- 30 de março de 1996
N.º de episódios 213 capítulos
Portal Televisão · Projeto Televisão

Cara e Coroa foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida no horário das 19 horas, entre 24 de Julho de 1995 e 30 de Março de 1996, tendo contado com 213 capítulos.

Foi escrita por Antônio Calmon, com a colaboração de Ângela Carneiro, Lílian Garcia e Eliane Garcia, e dirigida por Wolf Maya, Maurício Farias, André Schultz, José Luiz Villamarin e Carlos Magalhães, com direção geral de Wolf Maya.

Sinopse

Fernanda (Christiane Torloni) é uma mulher elegante e sedutora que, prestes a se casar com Rubinho (Luís Mello), foge com Miguel (Victor Fasano), mas acaba por trocá-lo pelo irmão deste, Mauro (Miguel Falabella), um advogado inescrupuloso. Passa-se o tempo e a moça descobre que Mauro tem um caso com Heloísa (Maitê Proença), uma mulher tão ou mais fraca de caráter do que seu amante. Cega de ciúmes, Fernanda atira em Mauro, mas a bala atinge um estranho, matando-o, e a moça vai presa, adoecendo e entrando em coma perto do término do cumprimento de sua pena.

Heloísa e Mauro descobrem que está presa com Fernanda uma sósia desta, Vitória (Vivi). Tirando partido dessa semelhança, que é tão somente física, os dois internam Fernanda em uma clínica e obrigam Vivi a tomar seu lugar para se apoderarem dos bens que Fernanda irá receber de seu divórcio com Miguel.

Ao sair da cadeia, Vivi enfrentará entre muitos problemas, a revolta do filho de Fernanda, Pedro (Thierry Figueira), que cresceu sem o amor de sua mãe, e a revolta de sua família, principalmente de Guilhermina (Marilena Ansaldi), sua mãe, para além de ser malvista por todos, na paradisíaca cidade litorânea de Porto do Céu.

Elenco

em ordem da abertura da novela
Ator↓ Personagem↓
Christiane Torloni Fernanda Gusmão Santoro/ Vitória Figueredo(Vivi)
Victor Fasano Miguel Alcântara Prates
Lúcia Veríssimo Nadine
Louise Cardoso Laurinha
Alessandra Negrini Natália Santoro
Marcio Garcia Guiga
Chica Xavier Dinda
Wolf Maya Cícero
Cláudia Alencar Martina
Antônio Grassi Rômulo
Natália Lage Kika
Marilena Ansaldi Guilhermina Tavares Gusmão
Tony Tornado Anselmo
Arlete Montenegro Leda
Maria Padilha Bruna
Rosi Campos Margô (Regininha)
Mônica Fraga Leninha (Helena Santoro)
Carmo Dalla Vecchia Fabinho
Danielle Winits Diana
Heitor Martinez Mobral
Walther Verve Pepe Caruzo
Karina Mello Ana
Carol Machado Clara
Ida Gomes Irmã Domitila
Oswaldo Louzada Cardosinho
Francisco Milani Juan Caruzo
Apresentando
Ator↓ Personagem↓
Luiz Fernando Camarão Geninho
Cláudia Liz Debbye
Thierry Figueira Pedro Alcântara Prates
Juliana Baroni Julia
Marcos Pasquim Cosme
Luiza Curvo Belinha
Maria Maya Nádia
Ator Convidado
Ator↓ Personagem↓
Luís Mello Rubinho
Participações Especiais
Ator↓ Personagem↓
Arlete Salles Cacilda
Mauro Mendonça Kleber
Carlos Zara Antenor Alcântara Prates
Hugo Carvana Aníbal Santoro
Carlos Vereza Amorim
Miguel Falabella como Mauro Alcântara Prates↓
Maitê Proença como Heloísa Souto Brandão
Marcos Paulo como Heitor Morales Gonçalves

Elenco de apoio

Ator↓ Personagem↓
Maria Helena Dias Constância
Henri Pagnocelli médico de Fernanda
Bruno Marques Alex
Nadia Bambirra Marisol
Alexandre Frota Boca
Nívea Stelmann  
Dartagnan Júnior Jarbas
Walderez de Barros Souza
Ana Furtado  
Miriam Freeland  
Bianca Rinaldi  

Trilha sonora

Trilha sonora nacional

Cara e Coroa Nacional
Trilha sonora por Vários intérpretes
Lançado em 1995
Gênero(s) Vários
Formato CD, Vinil
Gravadora(s) Som Livre
Produção Iuri Cunha
Cronologia de Vários intérpretes

Capa: Lúcia Veríssimo

  1. Foi a Primeira Vez - Zezé Di Camargo e Luciano
  2. Olhe o Tempo Passando - Nana Caymmi
  3. Um Segredo e um Amor (Secret Love) - Jorge Vercilo
  4. Cais - Caetano Veloso
  5. Com Muito Amor e Carinho - Luís Melodia
  6. Um Homem Em Volta do Mundo - Ritchie
  7. Eu Te Amo - Zizi Possi
  8. Tocar Você - Edmon (tema de abertura)
  9. Qualquer Outro Amor - Paulinho Moska
  10. Encontros Amargos - Papas da Língua
  11. Limousine Grama Suja - Junia Lambert
  12. Sombrancelhas - Biquini Cavadão
  13. Primeiros Erros - Simony
  14. A Rã - Ithamara Koorax

Trilha sonora internacional

Cara e Coroa Internacional
Trilha sonora por Vários intérpretes
Lançado em 1995
Gênero(s) Vários
Formato CD, Vinil
Gravadora(s) Som Livre
Produção Iuri Cunha
Cronologia de Vários intérpretes

Capa: Natália Lage

  1. Save Me Now - Andru Donalds
  2. Over My Shoulders - Mike & The Mechanics
  3. I Could Fall in Love - Selena
  4. Set me Free - Richy
  5. I Have to Say I Love You In a Song - Jim Croce
  6. (I Wanna Take) Forever Tonight - Peter Cetera
  7. La Solitudine - Renato Russo
  8. Beautiful - Marillion
  9. I Want You - Polo
  10. Julia Says - Wet Wet Wet
  11. Nobody Else - Take That
  12. Close To You - Wighfield
  13. Can I Touch You… There? - Michael Bolton
  14. A Kind Of Christimas Card - Morten Harket

Produção

A novela era ambientada na fictícia cidade de Porto do Céu. A maioria das cenas foi gravada na cidade de Búzios, no Rio de Janeiro. Na cidade cenográfica, foi construída uma parte da Rua das Pedras, local famoso e badalado de Porto das Pedras.[1] As cenas na prisão foram rodadas, ora no presídio de Carandiru, ora em estúdio..[2]

Nas cenas em que as gêmeas contracenavam foram usados o chromakey e o memory-head, tecnologias já utilizadas anteriormente em Mulheres de Areia, em 1993, para dar mais veracidade às cenas em que Vivi e Fernanda apareciam juntas.

Curiosidades

Prêmios

Troféu APCA (1995):

Prêmio Contigo! (1995):