"Busão do Brasil" estreia na Band com 24 participantes, mas só 12 seguem viagem

 
Do UOL, no Rio
 
 

Divulgação/Band

Edgard Piccoli é o apresentador do programa "Busão do Brasil"

Embarcar 12 pessoas em um ônibus super equipado e rodar por 11 estados brasileiros durante três meses. Essa é a proposta de "Busão do Brasil", novo reality apresentado por Edgard Piccoli que estreia nesta sexta-feira (30/7), na Band. Quem vencer o desafio de passar o trimestre sem um pingo de privacidade, convivendo com gente que nunca viu antes na vida, leva para casa o prêmio de R$ 1 milhão, além de uma viagem com 10 amigos para qualquer lugar do país.

Foram mais de 30 mil inscritos e o programa de estreia mostrará 24 selecionados, todos maiores de 18 anos, que vieram de diversas cidades brasileiras. No entanto, apenas metade desse número vai seguir viagem, já que a primeira eliminação acontece ao vivo, no primeiro capítulo da atração, a partir das 22h. "A produção de um programa como esse é complexa, mas apostamos muito no resultado”, afirma o diretor de programação da emissora, Hélio Vargas.

O veículo onde ficarão alocados os concorrentes tem tamanho padrão de um ônibus de viagem de dois andares: apenas 45m² de área útil, 2,5 metros de largura e pé direito de 1,75 metros. Para acomodar a todos de forma mais ou menos confortável, há no espaço uma sala-lavandeira bem pequena com eletrodomésticos embutidos, uma mini-cozinha, um micro-lavabo com vaso sanitário e pia, uma ducha com porta acrílica totalmente transparente e um quarto com um colchão inteiriço no chão para os 12 passageiros. Uma curiosidade: à disposição, as mulheres terão  um secador e uma chapinha para arrumar a cabeleira.

Para tornar a viagem mais emocionante, os moradores nunca saberão para onde estão indo por conta de um detalhe: das janelas não se vê nada do que acontece lá fora. É como se 12 pessoas morassem numa quitinete sem abertura alguma. Mas, as câmeras estarão lá dentro registrando tudo para os telespectadores: 16 aparelhos de alta definição vão capturar 24 horas de sono, choros, risadas, provas e brigas.

Em cada localidade que o ônibus estacionar, alguns participantes serão selecionados para cumprir uma tarefa, que será em benefício da cidade, enquanto o restante do grupo permanecerá confinado. O participante mais querido do público, o “Queridão da Semana”, irá conquistar benefícios, como direito a passeios ao ar livre. Muitas dessas atividades, incluindo as festas semanais, terão ligação com a cultura local, mostrando assim a diversidade dos costumes e da paisagem nacional.

O reality show "Busão do Brasil" foi inspirado em "The Bus", já exibido na Espanha, Bélgica e Holanda. Dos estúdios da Band, em São Paulo, Edgard vai conversar ao vivo com os viajantes e apresentará o que de melhor aconteceu na aventura. “Quero desenvolver uma relação especifica com cada um dos participantes a ponto de fazê-los se mostrar por inteiro”, diz. Aos domingos, às 21h30, o canal exibirá um compacto da semana.

Tarefas, provas, festas e eliminação compõem a semana dos participantes, que terão que administrar o consumo de alimentos e preparar a própria comida. Também terão que lavar suas roupas. O público vai decidir quem deixa o programa. Durante toda a semana os telespectadores votam via SMS, internet e portal de voz no passageiro que quer ver “na lama”. Na sexta-feira, Edgard revela o nome dos três mais votados. Os próprios participantes escolhem um dos três e decidem quem vai deixar a competição.